Home Blog 5 lições que você pode aprender em uma feira de franquias

5 lições que você pode aprender em uma feira de franquias

26 jun 2019

Um evento de franchising é muito mais do que só uma oportunidade para vender. Veja lições preciosas que sua rede de franquias pode aprender em uma feira

As feiras de franquias reúnem franqueadoras, profissionais do franchising e pessoas que querem abrir uma franquia. Mas, além de apresentar seu negócio para futuros investidores, esses eventos podem ensinar lições preciosas para os próximos passos da expansão. 

A seguir, confira cinco lições que você pode aprender em uma feira de franquias e entenda como aproveitar o melhor desse tipo de evento. 

Estar por dentro das novidades do mercado deve ser prioridade

Além dos stands onde os investidores podem conhecer as redes de franquias, as feiras também costumam ter auditórios para palestras e apresentações. 

Esses espaços geralmente são dedicados para falar sobre temas importantes do franchising, apontar os novos desafios, dar dicas estratégicas e também para apresentar as principais tendências e números do setor. 

Para as franqueadoras, acompanhar as novidades, entender como anda o mercado de franquias e ouvir o que outros profissionais do franchising têm a dizer pode gerar insights preciosos para suas estratégias. 

Um público grande ainda exige seleção

As feiras de franquias atraem um público muito amplo. Na ABF Expo 2018, por exemplo, 60 mil interessados em franchising visitaram o evento. Mas, isso não quer dizer que todos os visitantes desejam ou mesmo tenham perfil para abrir uma franquia. 

As feiras recebem visitantes que buscam franquias de diferentes tipos, tamanhos, métodos de gestão, segmento e valores de investimento, e é preciso ter isso em mente quando se deseja expor em um evento como esses. 

Além disso, mesmo em um uma grande feira, ainda é importante que as franqueadoras tenham o cuidado de analisar cada candidato e comercializem a franquia apenas para aqueles que têm as características que elas procuram. 

Pensando nisso, é fundamental que as franqueadoras foquem não só na quantidade de negócios fechados, mas na qualidade dos novos franqueados. 

A negociação presencial faz diferença

Muitos interessados em franquias esperam as feiras para ter a oportunidade de conhecer as marcas e conversar com os consultores pessoalmente. Embora existam muitas ferramentas para se conhecer e fechar uma franquia à distância, o contato pessoal ainda faz muita diferença. 

Fazer uma reunião “olho no olho” e conhecer melhor os produtos e serviços da marca faz com que o interessado sinta mais confiança no negócio e tome uma decisão mais rápida e assertiva.

É importante aprender com a concorrência

As grandes feiras de franquias reúnem centenas de marcas e com certeza você vai acabar encontrando alguns concorrentes por lá. Mas, isso não precisa ser algo negativo. 

Estar no mesmo ambiente que a concorrência pode ser uma oportunidade de analisar de perto o que as outras franqueadoras estão fazendo, quais novidades estão trazendo para o mercado e como elas se comportam. 

Observando tudo isso, sua rede pode se aperfeiçoar nos pontos em que os concorrentes não são tão bons e se inspirar naquilo que está dando certo com outras marcas. 

Feiras são boas oportunidades de testar novos modelos 

Já reparou que muitas redes de franquias apresentam novos modelos de negócio, de produtos e serviços nas grandes feiras do setor? Isso não é coincidência. 

Além da grande visibilidade que os eventos geram, as franquias que trazem inovação conseguem avaliar de imediato qual a reação dos candidatos em relação às novidades e as suas principais dúvidas e objeções. Colher essas informações é fundamental para otimizar e remodelar novos formatos, produtos e serviço, se houver necessidade. 


Deixe um comentário

Comentários


Seja o primeiro a comentar.