Home Blog Problemas que podem levar sua franquia ao fracasso

Problemas que podem levar sua franquia ao fracasso

30 mai 2022

Falta de planejamento e falhas de gestão podem se tornar problemas fatais para as franquias.

O sucesso de uma franquia está atrelado a diversos pontos. Da mesma forma, o seu fracasso pode ser resultado de uma série de problemas que, combinados, leva ao fechamentos das portas. 

 

Para que isso não aconteça com a sua rede de franquias, é importante estar atento a alguns fatores. Confira a seguir quais são os principais e como evitá-los!

Modelo de negócio que não foi testado corretamente 

O principal atrativo para os investidores ingressarem em uma rede de franquias é o fato desse modelo de negócio já ter sido testado no mercado e ter estimativas claras de investimento e retorno. 
 

Porém, se essa validação não for feita corretamente, ou os dados informados aos candidatos não forem verídicos, isso pode gerar insatisfação por parte dos franqueados e prejudicar a credibilidade da marca no mercado. 
 

Tendo isso em mente, antes de iniciar um plano de expansão, é fundamental que a rede teste a operação em diferentes condições e faça um estudo de franqueabilidade para ter certeza de que a reprodução é viável para franqueador e franqueados. 

Falta de clareza na negociação com os investidores

Outro problema que pode levar uma franquia ao fracasso é a falta de uma negociação clara entre o franqueador e os investidores. 
 

É necessário que os investidores compreendam exatamente como é o funcionamento do negócio, os princípios éticos que regem a marca, os objetivos da companhia e quais são os deveres e direitos do franqueado.  
 

Transmitir todas essas informações e dar abertura para que os empreendedores possam tirar suas dúvidas é crucial para um relacionamento transparente e livre de mal-entendidos. 
 

Não oferecer treinamento e suporte para os investidores 

A capacitação é o principal meio de sucesso para os investidores, uma vez que é através dela que eles irão adquirir o know-how necessário para administrar a franquia. 
 

A franqueadora deve oferecer um treinamento completo de todos os eixos do negócio: administrativo, operacional, financeiro, jurídico, de marketing e qualquer outro parâmetro que se julgue necessário na gestão. 
 

Também é interessante acompanhar os investidores em todas as etapas de abertura do negócio para garantir que sigam os padrões da marca desde o primeiro dia de operação. Estar ao lado do novo franqueado nessa fase de ansiedade e incerteza também faz com que ele se sinta mais seguro e confiante na franquia que escolheu.  

Não contar com um sistema profissional para a gestão da franquia 

Outro erro perigoso é usar ferramentas amadoras na gestão das unidades e da própria franqueadora. 
 

Franquias profissionais e que levam com seriedade os seus processos de administração usam sistemas de gestão que atendem as especificidades do mercado de franquias, como o Solutto. 
 

Com dinâmica modular, o Solutto tem recursos que ajudam os franqueadores a automatizar processos, captar e converter novos investidores, reduzir inadimplência, viabilizar treinamentos, atender os franqueados e realizar consultorias de campo. 
 

Além disso, a utilização do Solutto nas franquias também garante aos franqueados agilidade no ponto de venda, painéis de controle personalizados, aumento do ticket médio e recorrência, gestão remota com videoconferências e muito mais. 
 

Ou seja, além de ser um instrumento de gestão importante para a profissionalização e expansão dos franqueadores, ter um sistema como o Solutto também é um atrativo extra para que novos franqueados tenham ainda mais ferramentas para decolar seus negócios.  


 


Deixe um comentário

Comentários


Seja o primeiro a comentar.