Home Blog Como os franqueadores podem lidar com os efeitos da inflação

Como os franqueadores podem lidar com os efeitos da inflação

30 mai 2022

Aumento de preços representa desafio para franqueadores, mas há estratégias para superá-lo.

Com a inflação no Brasil acima de 10%, segundo o IBGE, muitos franqueadores estão enfrentando desafios financeiros no gerenciamento de seus negócios.  
 

Felizmente, existem algumas estratégias que podem ser adotadas para reduzir os impactos desse cenário. 
 

Diminuindo custos, otimizando processos da franquia e encontrando formas de aumentar a receita, é possível driblar os efeitos da inflação e sair da crise ainda mais forte. Confira abaixo algumas dicas para isso: 

Adoção do trabalho híbrido ou home office 

Manter os colaboradores em um espaço presencial significa ter gastos com contas de aluguel, água, luz, internet, limpeza, troca de mobiliário… Até o cafézinho disponível na copa entra na conta! 
 

Só que depois da pandemia sabemos que muitos profissionais podem trabalhar em casa ou em regime híbrido (com dias de trabalho presencial e home office), e escolher uma dessas dinâmicas pode ser uma ótima estratégia de redução de custos. 
 

Caso seja necessário manter um espaço físico, há a possibilidade de escolher um ambiente menor (e mais barato) ou mesmo optar por um coworking. Se não for preciso ter encontros presenciais, a rede pode entregar o escritório, oferecer um apoio financeiro para os funcionários manterem o home office e, mesmo assim, economizar muito. 

Rever o mix de produtos ofertados para os clientes 

Marcas que trabalham no varejo sabem que é comum que haja uma variação na margem de lucro entre os produtos. Por mais que manter um mix amplo de mercadorias possa ser interessante, nesse momento em que a inflação está elevada, repensar essa atitude pode diminuir custos. 
 

Deixar de oferecer alguma mercadoria ou serviço que tem custo alto e uma margem pequena pode ser uma estratégia emergencial para reduzir despesas e evitar que haja um investimento para comercializar itens que não dão retorno significativo para as unidades. 

Negociar preços com fornecedores 

Saber negociar é uma estratégia muito relevante em todos os momentos, principalmente nos períodos de inflação alta. Ao negociar com os fornecedores, parceiros e locador do espaço comercial, por exemplo, os custos que a franqueadora e os franqueados possuem podem diminuir significativamente. 
 

Para essa conversa, as dicas são: seja transparente, exponha seus argumentos e esteja pronto para ouvir o lado do fornecedor - afinal, ele também deve estar enfrentando os mesmos desafios. Lembre-se que negociar não é impor o que você quer, mas chegar a um ponto em que o cenário seja satisfatório para os dois lados! 

Fazer campanhas para elevar o ticket médio

Outra estratégia para lidar com os efeitos da inflação é criar campanhas que incentivem os clientes a comprarem mais, ou seja, a aumentar o ticket médio das compras. 
 

Desenhar ações com produtos ou serviços complementares um ao outro, criar incentivos para indicações ou dar descontos progressivos dependendo do volume de compras pode ser muito eficiente.
 

Fazer ações desse tipo são interessantes porque o ticket médio de compra nas franquias contribui diretamente para o faturamento dos franqueados e, consequentemente, para a receita do franqueador. 

Contar com um sistema de gestão financeira eficiente 

Para analisar a situação financeira real de cada franquia e de toda a companhia, os franqueadores devem contar com informações consolidadas e ferramentas profissionais. Para isso, ter um sistema de gestão financeira, é a melhor alternativa. 
 

O Solutto, por exemplo, tem um módulo de gestão financeira que automatiza tarefas e facilita a administração das entradas e saídas da companhia. Entre as ferramentas estão a apuração de royalties e fundo de propaganda de acordo com as regras de cada contrato; o registro individual de contas a receber, negociações e gestão de cobranças recorrentes; gestão do mix de produtos em tempo real e relatórios e análises gerenciais.
 

Além disso, o Solutto pode ajudar a reduzir a inadimplência dos franqueados através de cobranças automáticas - o que contribuiu diretamente com a redução de perdas e aumento da receita.   

 

Deixe um comentário

Comentários


Seja o primeiro a comentar.